Samsung Galaxy Mega – Ficha completa e vídeo!

Escrito na categoria "Lançamentos de smartphones" por André M. Coelho.

Samsung anunciou outro smartphone com tamanho quase de um tablet, os famigerados “phablets”, desta vez com o Galaxy Mega. Como se não houvesse smartphones Galaxy já suficientes no mundo, a Samsung passou e anunciou este aparelho super-dimensionado, que vem em modelos de 5.8 e 6.3 polegadas, com o apelido de maior smartphone do mundo.

Na tentativa de definir o tamanho “phablet”, a Samsung disse que o Galaxy Mega é um dispositivo que combina a portabilidade e conveniência de um smartphone com o poder, capacidades multitarefa e extensa experiência de visualização de um tablet, principalmente para o consumo multimídia.

Apesar do tamanho maior que o Samsung Galaxy Note II, o Galaxy Mega não vem com a caneta Stylus S da Samsung. Ambos os modelos do Galaxy Mega já sairão de fábrica com o Android 4.2 Jelly Bean.

Além do consumo multimídia, a criação de multimídia também é um foco dos modelos Galaxy Mega, com uma câmera traseira de 8 megapixels, frontal de 1.9 megapixels, 8 GB de armazenamento interno, slot para cartão microSD e 1.5 GB de RAM. Cada um tem um processador dual-core, mas com uma velocidade diferente: os modelos de 6.3polegadas tem um chip de 1.7 GHz, enquanto o modelo de 5.8 polegadas usa uma versão de 1.4 GHz.

Especificações do Samsung Galaxy Mega 6.3 I9200

Samsung Galaxy Mega

Os irmãos gigantes Mega lado a lado. Será este um tamanho que agradará como smartphone? (Foto: www.phonedog.com)

Especificações do Samsung Galaxy Mega 5.8 I9150

Para quem foi feito o Samsung Galaxy Mega?

Ambos modelos do Samsung Galaxy Mega investiram pesado no tamanho da tela. Porém, o processador que acompanha estes modelos de celular não é potente para aguentar tarefas mais pesadas, principalmente por causa da personalização do Android feita pela Samsung. Mesmo quem queira comprar um tablet estará melhor servido por modelos mais básicos, como o Nexus do Google. Mesmo assim, dá para perceber um público cativo para estes “phablets” no mercado. O Galaxy Note fica como o “phablet” topo de linha, enquanto podemos considerar os outros como “modelos de entrada”, mesmo que eles tenham telas maiores e sejam mais caros. Talvez, se seu consumo de mídia for muito intenso, estes celulares possam ser uma opção, mas recomendamos uma pesquisa intensa e testes para você analisar se é mesmo o Galaxy Mega que você quer.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Quando André entrou na faculdade em 2004, notebooks eram ainda muito caros. Para anotar as informações, buscou opções, encontrando no Palm Zire 72 um aparelho para ajudá-lo a registrar informações das aulas. Depois, trocou por um modelo de celular com teclado, Qtek quando o 2G e o 3G ainda engatinhavam no Brasil. Usou o conhecimento adquirido na pesquisa de diferentes modelos para prestar consultoria em tecnologia a diversas empresas que se adaptavam para o mundo digital. André passou ainda por um Samsung Omnia, um Galaxy Note II, e hoje continua um entusiasta de smartphones, compartilhando neste site tudo que aprendeu.

Deixe um comentário