No site da operadora de telecomunicações americana Verizon, o Motorola Droid 4 já está disponível por um preço de 199 dólares, incluindo um contrato de 2 anos com a empresa. Em breve estará também nas lojas dos Estados Unidas e com alguma sorte chegará ao Brasil em alguns meses.

O estilo do aparelho é o mesmo desde as versões anteriores do Motorola Droid. Um tela enorme e um teclado físico que tem ficado cada vez melhor. Por fora ele se parece muito com o Droid RAZR, outro modelo da Motorola famoso lá fora!

O maior diferencial do Droid 4 é sem dúvida o teclado físico, certamente o melhor entre os smartphones existentes. O teclado é enorme e agora conta também com teclas numéricas exclusivas, grandes, cortadas à laser para maior precisão e muito fácies de operar.

A tela é outro item de destaque com resolução de 540×960 e 4 polegadas. A bateria é de 1785 mAh, bem potente, mas que não pode ser removida sem realmente desmontar o aparelho. Ele vem inclusive com uma pecinha plástica específica para abrir o compartimento de bateria, como pode ser visto no vídeo abaixo.

Acho uma péssima idéia complicar algo que já funciona muito bem em todos os outros bons smartphones, mas é assim que o Droid 4 vem ao mercado.

O processador do Motorola Droid 4 é de 1.2 GHz, dual core e vem com 1GB de memória RAM. A câmera principal tem 8MP e câmera frontal, própria para fazer video chamadas é de 1.3MP.

O que achei ruim e que também é uma marca da família Motorola Droid é o peso exagerado do aparelho. O Motorola Droid 4 pesa incríveis 178 gramas ainda mais que o pesadão Motorola Milestone (o Droid 1).

Por fora, o Droid 4 é mais arredondado que as versões anteriores, com visual mais morderno.

Telefone celular Motorola Droid 4

Droid 4 - Smartphone de peso, literalmente

Sem dúvida tem tudo para ser um bom aparelho mas não deve ser adquirido por quem procura um telefone leve e fácil de levar em qualquer situação, como a prática de esportes.

 

 

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)