Para que serve o acelerômetro dos celulares? Todos tem?

Escrito na categoria "Dúvidas de aparelhos e apps" por André M. Coelho.

O acelerômetro é um componente eletrônico que mede a inclinação e movimento. Ela também é capaz de detectar o movimento de rotação e gestos tais como balançar ou agitar um dado aparelho eletrônico do qual ele faz parte.

O uso mais comum para isso é ativar a rotação automática da tela em dispositivos móveis quando o usuário muda a sua orientação de retrato para paisagem ou vice-versa. Outra aplicação moderna para o acelerômetro é controlar o leitor de música do dispositivo móvel com gestos ou o simples balançar do aparelho.

Acelerômetros também são utilizadas para enriquecer os controladores de jogo, navegando pela inclinação do dispositivo em vez de pressionar as teclas.

Outra característica do telefone móvel popular baseado em um acelerômetro é o virar com a tela para baixo para deixá-lo mudo. Ele permite ao usuário silenciar uma chamada recebida, silenciar o alarme ou pausar o leitor de música móvel simplesmente girando o dispositivo para baixo.

Há ainda várias outras funções, todas utilizando este pequeno sensor especial e otimizando o uso do seu aparelho.

Acelerômetro em celulares

Graças ao acelerômetro é que seu aparelho tem muitas das funções que mais te divertem durante o uso. (Foto: nextgenlog.blogspot.com)

Como funciona o acelerômetro?

Antes de podermos dizer que o acelerômetro se smartphone faz, precisamos entender o básico do que um acelerômetro faz em geral. O transdutor é um dispositivo que possa medir a força de aceleração, causada pela força da gravidade ou por movimento. Um acelerômetro pode, portanto, medir a velocidade do movimento de um objeto ao qual ele está conectado. Este é o trabalho do acelerômetro no iPod + Nike usado em tênis de corrida, por exemplo. Os sensores piezoeléctricos podem dizer se o sapato que está em está em movimento (no instante em que ele não estiver, o dispositivo desliga-se) e, com base na quantidade de tempo que o sapato está no solo em relação ao valor de tempo em que está no ar, o iPod podem converter essa informação em uma medida exata da velocidade na qual  corredor está se movimentando.

Porque um acelerômetro sente o movimento e a gravidade,ele também pode detectar o ângulo no qual a ação está a ser realizada. Como exemplo: o usuário manipula um controlador. O controlador contém acelerômetros de estado sólido, que podem detectar a inclinação, movimento e velocidade a ser aplicados, assim como a direção.

Em um smartphone, o movimento e inclinação do dispositivo é conhecido pelos sensores, para que possa dizer o caminho que a tela está sendo levada. Isto permite ajustar automaticamente a saída visual para torná-lo adequado para a direção da tela. Desta forma, você pode ver as listas com a tela na vertical e assistir a vídeos com a tela lateralmente, denre várias outras coisas que já descrevemos acima.

Todo dispositivo tem um acelerômetro?

Em geral, este tipo de sensor está presente em dispositivos intermediários ou topo de linha. Modelos de entrada dificilmente tem este tipo de mecanismo, mas pode haver exceções. Uma forma de verificar se o seu dispositivo possui um acelerômetro ou não é olhando as especificações de seu aparelho no site GSMArena. Basta procurar pelo sensor nas especificações e pronto.

Esperamos ter te ajudado a sanar essa dúvida e entender um pouco mais do funcionamento de smartphones com este artigo.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Quando André entrou na faculdade em 2004, notebooks eram ainda muito caros. Para anotar as informações, buscou opções, encontrando no Palm Zire 72 um aparelho para ajudá-lo a registrar informações das aulas. Depois, trocou por um modelo de celular com teclado, Qtek quando o 2G e o 3G ainda engatinhavam no Brasil. Usou o conhecimento adquirido na pesquisa de diferentes modelos para prestar consultoria em tecnologia a diversas empresas que se adaptavam para o mundo digital. André passou ainda por um Samsung Omnia, um Galaxy Note II, e hoje continua um entusiasta de smartphones, compartilhando neste site tudo que aprendeu.

Deixe um comentário