Escolher o plano de telefone celular certo pode ser confuso. Hoje em dia existem tantas opções diferentes nas áreas de precificação, de dados, minutos, texto e, em seguida, em cima de tudo isso, você tem que decidir o telefone celular que você quer escolher.

Nós fizemos uma pequena lista para quem quer se inscrever para um novo contrato. É importante abordar quais os elementos de um plano de telefone são importantes para você e, portanto, ajudá-lo a decidir qual o plano de telefone celular é ideal para você.

Individual ou Plano Familiar?

Esta escolha é relativamente simples. Você precisa de um plano individual, ou você está olhando para combinar um número de telefones e linhas em um grupo para minimizar os custos? Se você quer combinar números, um plano da família funciona melhor para você.

Um plano individual oferece minutos e dados para utilização mensal para um indivíduo. Já planos familiares oferecem um kit de minutos e dados para utilização entre os membros de uma família, com cada linha adicionada para o pacote custando um valor extra por mês.

Os planos da família muitas vezes podem oferecer economias impressionantes, ao invés de se inscrever para diversos planos individuais para você, seu cônjuge e seus filhos.

Defina suas prioridades

Você está à procura de um bom plano ou um telefone novo? Mais e mais pessoas estão perseguindo o telefone que eles querem (pense iPhone/Samsung Galaxy) antes mesmo de começar a olhar para operadoras e contratos. Se você é uma dessas pessoas, certifique-se de qualquer operadora que você está olhando oferece o telefone celular desejado que você está procurando com descontos para os diferentes planos. Você pode optar comprar por fora, com melhores preços que nas operadoras. A diferença aqui é que você pode conseguir alguns descontos nos planos.

Se você está mais focado em fazer um bom negócio, então é importante descobrir para o que você usa seu telefone celular na maioria do tempo, para que você possa otimizar ou tamanho de seus minutos ou o tamanho dos dados. Importante, se você estiver atualizando para um novo smartphone com acesso a velocidades de dados 4G, você vai ser capaz de usar uma grande quantidade de dados de internet móvel em movimento. Então, quanto e-mail e navegação na web que você está pensando para o seu novo telefone? Lembre-se que na maioria das operadoras, após passar de seu limite, as velocidades ficam ainda mais devagar para o acesso à rede, seja ela 3G ou 4G.

O que devo saber na hora de escolher um plano?

Minutos mensais: são chamadas que você faz. Dê uma olhada nos meses anteriores de uso do seu atual celular para saber qual seu uso mensal de minutos;

Dados: necessário para acesso à internet. Quanto mais você usa, maior a quantidade de dados que você irá precisar cada mês para não passar raiva ou pagar muito mais caro pelos dados que usar;

Tethering: se você quer ser capaz de conectar seu telefone ao computador e acessar o seu plano de dados, você vai precisar de mais dados. Em hipótese alguma pague a mais para sua operadora por isso: todos os celulares tem algum tipo de programa que compartilha a internet com o computador. Fuja dessa roubada;

SMS/Mensagens: quantas mensagens você envia a cada mês;

Chamadas dentro/fora do estado: você liga muito para números dentro e fora de seu estado? Com qual frequência cada? O preço delas é influenciado pelo tipo de plano e operadora;

A maioria das operadoras oferecem planos de telefone celular diferentes em diferentes áreas do país, tais como planos de dados, chamadas e textos. Então, se você é um viciado em mensagens de texto, você definitivamente vai querer considerar um plano de telefone celular com texto ilimitado. Se você gosta de navegar na web, assistir vídeos no YouTube e usar software de navegação, então você pode querer considerar um plano de telefone celular mais centrado em dados.

Planos de celular personalizados

O plano que você irá utilizar dependerá diretamente de você e seu uso com o celular. (Foto: fitnessrevolutionrowlett.com)

Escolha uma operadora de telefonia celular

Isto pode parecer que deve ser o primeiro passo, mas a identificação do tipo de contrato que você quer primeiro você pode economizar muito tempo quando se olha para uma operadora. Em seguida, verifique se a operadora que você está buscanco ainda tem o serviço em sua área. Se você já viu as suas lojas em sua cidade, então eles têm cobertura. Quando não há cobertura na sua área a partir de uma operadora específica, eles não se incomodam com a criação de uma loja.

Em segundo lugar, pense sobre onde você vai estar usando o telefone. Será que ainda tem serviço onde você trabalha? Você viaja frequentemente, a nível nacional ou internacional? Se você é um viajante, é extremamente importante verificar se o transportador suporta roaming com boa qualidade para seus destinos. Tenha especial cuidado com isso, pois ainda é muito comum operadoras funcionarem mal em áreas dentro da sua própria cidade.

Operadoras tendem a oferecer preços semelhantes para estilos semelhantes de contratos. As maiores operadoras geralmente cobram um pouco mais, mas elas também tendem a se vangloriar de cobertura superior, velocidades de rede e confiabilidade. Nada vai ser melhor do que sua própria experiência com a operadora.

Utilizando a experiência do passado

Agora você tem uma idéia do tipo de plano de telefone celular que você está procurando, é hora de começar a comparar preços e valores. Pense cuidadosamente se ou não um extra de R$10 ou mais por mês realmente vale o que a operadora está oferecendo a você. A experiência passada com planos de telefone celular é extremamente útil neste caso, como só você sabe quantas vezes você usa seu telefone celular.

Às vezes, vale a pena atualizar para um plano mais caro, especialmente se você estiver atualizando seu telefone. Muitos novos usuários de smartphones encontram seus hábitos com celulares mudando significativamente, uma vez que fazem a troca, como um smartphone pode se tornar uma parte muito maior da sua vida do dia-a-dia do que os telefones celulares têm sido tradicionalmente.

Diferentes planos para muitas pessoas

Apesar da má qualidade das operadoras, há planos de qualidade e que podem atender às suas necessidades. (Foto: www.clikeveja.com)

Duração do contrato

Quanto tempo você quer estar preso a um contrato é inteiramente com você. 12 meses de contrato são geralmente a forma mais barata de ir, mas podem ser brutais se você escolher o plano errado ou telefone.

Certifique-se de que você tenha ido ao longo de todos os fatos antes de aceitar qualquer contrato. Faça as contas e descubra se o contrato de 12 meses é realmente muito mais acessível do que um contrato mais curto. Eles quase sempre são e a maioria das pessoas acham que elas são bastante agradáveis, mas lembre-se que 12 meses é muito tempo para pagar por um erro.

Agora sim, é hora de escolher seu plano ideal: pré-pago, controle ou pós-pago?

Hoje, as operadoras tem várias promoções de ligações gratuitas entre celulares e telefones da mesma operadora. Isso em praticamente todos os tipos de planos. Os critérios acima são muito mais importantes do que outros critérios que possamos eleger. Talvez, a maior diferença chegue a ser em quem tem internet fixa em casa e/ou televisão a cabo ou a satélite, que podem ter planos de dados e minutos atrativos em pacotes. Se este é seu caso e você já comparou com outros planos, estes pacotes estão geralmente em planos pós-pagos mas com valores mais ou menos fixos e com minutos para todas as operadoras, algo que poucos planos tem em boa quantidade.

Fora estes pacotes de planos ou situações onde você queira comprar um celular smartphone mais barato ou parcelado em muitas vezes, os planos pós-pagos estão cada vez menos vantajosos e estão se tornando praticamente em planos controle, com pacotes de minutos fixos para o mês. Mas ainda há diferenças consideráveis.

Em um plano controle, seus minutos “acabam” quando você termina de usar todos os minutos aos quais tem direito. O problema aqui é que normalmente são poucos minutos e que podem ser usados só para a própria operadora, uma grande desvantagem para quem se comunica com muita gente, apesar de a maioria das pessoas hoje ter mais de um celular em mais de uma operadora. É semelhante ao plano pré-pago, mas você paga com uma conta e paga pelos minutos extras que usar ou o celular simplesmente não funciona mais se você acabar com seus minutos. Cabe falar que os extras ficam muito mais caros.

Os planos pré-pagos são os planos mais simples e normalmente aqueles que oferecem mais benefícios, por serem os planos de entrada nas operadoras. Benefícios assumo aqui como mensagens gratuitas diárias, ligações gratuitas para celulares da mesma operadora, acesso à internet. Isso tudo na verdade é uma ilusão, pois os minutos usados em ligação são mais caros que os outros dois planos e você tem de recarregar seu celular com uma certa frequência para não perder seu aparelho. Além disso, como a maioria das pessoas usa mensagens, estes planos raramente tem “pacotes de mensagens gratuitas”. O dinheiro que você recarregou seu aparelho vai acabar antes do que você imagina e você vai dar mais dinheiro para sua operadora.

Se você for olhar por preço de cada minuto falado, o plano pós-pago é o mais barato, seguido do controle e por último, o aparelho pré-pago. Mas valem lembrar que a maioria dos planos hoje é vendido com pacotes de minutos e de serviços, que devem ser comparados antes da escolha final.

Por perfil de usuário, os melhores planos são os seguintes:

  • Pré-pago (celular de cartão): usuários que usam pouco o aparelho, se comunicam apenas ou na maior parte do tempo com usuários da mesma operadora, usam pouco as mensagens (que podem “comer” todo seu dinheiro), usuários que usam pouco ou quase nada de internet, usuários que querem um segundo aparelho para aproveitar promoções de operadora, usuários que precisam limitar seus gastos com aparelhos celulares e não tem disciplina financeira e/ou de uso dos aparelhos. Não é recomendado para quem tem aparelhos smartphones;
  • Plano controle: usuários que tem maior consciência da quantidade de minutos que usam, não fogem muito do mesmo padrão de minutos mensalmente e querem ter um maior controle de seus gastos, usam mensagens de forma moderada, usam planos de dados de forma moderada. É o plano mais barato e mais em conta para quem tem um smartphone e quer gastar menos com um plano;
  • Plano pós-pago: usuários que usam o celular de forma mais frequente, usuários que querem agregar mais serviços ao plano, usuários de smartphones, usuários de internet e que precisam de mobilidade, usuários de planos família, usuários que utilizam muito o celular em roaming, usuários que usam muito mensagens. É o plano mais em conta para quem usa muito celular para todos os fins, independente do tipo de uso que dará ao aparelho.

Em resumo

É fácil ficar um pouco confuso depois de olhar um grande número de planos de telefone celular. Por isso, aconselhamos que você passe por cima de cada parte do plano com cuidado antes de tomar uma decisão final. Você realmente quer que a quantidade de dados, ou você pode fazer com um pouco menos/mais? Você vai sobreviver com os SMS e minutos de chamadas que você escolheu?

Lembre-se, só você pode realmente saber que tipo de plano de telefone celular é melhor para você. Então confie em seu próprio julgamento para fazer a chamada final pelo melhor plano e compare a qualidade da operadora na sua cidade para influenciar sua decisão.

Um comentário para “Qual o tipo de plano celular é certo para você: pré-pago, controle ou pós-pago?”

  1. Quintino

    Quero baixar programa de montagem no meu movel

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)