O que é um celular com customizações da operadora?

Escrito na categoria "Dúvidas de aparelhos e apps" por André M. Coelho.

Uma ROM é um programa que está diretamente gravado na memória do computador, contendo dados que normalmente só podem ser lidos, não escritos. A ROM contém a programação que permite que seu computador inicie ou se recupere cada vez que ligá-lo. Ao contrário da memória de um computador de acesso aleatório (RAM), os dados em ROM não são perdidos quando a energia do computador é desligada. Essas ROMs, em celulares, normalmente são constituídas pelo sistema operacional do celular e algumas modificações que nele podem ser feitas, tanto por usuários, quanto por operadoras e fabricantes de celulares.

Se você já instalou e atualizou o software personalizado que funciona em um telefone Android, você vai saber que, enquanto o processo é relativamente simples, não é o mais eficiente. A fim de adicionar novas atualizações para o software, você normalmente tem que reinstalar o sistema operacional inteiro no telefone, o que é demorado.

Da perspectiva do usuário, é um acréscimo bem-vindo ao universo dos celulares a possibilidade da customização de um sistema operacional. Você poderá testar dezenas de ROMs personalizadas em seus telefones e tablets. Uma operadora pode modificar uma ROM por vários motivos: motivos estéticos, instalação de programas nativos da operadora, marketing e propagandas entre outros motivos.

Modificações no sistema operacional dos celulares

Nesta figura, temos a customização de um celular feito pela operadora norte americana Sprint. (Foto: blogs.rjssoftware.com)

O que acontece com muitas dessas ROMs é que elas acabam atrapalhando a experiência mais pura do sistema operacional, prejudicando inclusive a fluidez do sistema e muitos aplicativos. Apesar de haver muitas melhoras por parte das fabricantes e operadoras, as ROMs feitas por usuários ou mesmo pelos principais responsáveis pelo sistema ainda são as de melhor desempenho.

Mas uma ROM de uma operadora não é necessariamente ruim. Já existem algumas com excelente qualidade e programas nativos que facilitam a vida do usuário. Algumas modificações gráficas é que podem não ficar muito legais, prejudicando a fluidez na interface e, consequentemente, a utilização mais rápida e eficiente dos aplicativos.

Para solucionar tais problemas, você mesmo pode mudar a ROM de seu celular com as instalações customizadas que estão disponíveis pela internet. Isso também é bem prático pois as atualizações para os celulares podem demorar um pouco para sair pelas operadoras ou pela empresa que fabrica o celular. E isso, quando elas saem, pois muitas vezes as atualizações não chegam a modelos mais antigos ou chegam com uma qualidade prejudicada.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Quando André entrou na faculdade em 2004, notebooks eram ainda muito caros. Para anotar as informações, buscou opções, encontrando no Palm Zire 72 um aparelho para ajudá-lo a registrar informações das aulas. Depois, trocou por um modelo de celular com teclado, Qtek quando o 2G e o 3G ainda engatinhavam no Brasil. Usou o conhecimento adquirido na pesquisa de diferentes modelos para prestar consultoria em tecnologia a diversas empresas que se adaptavam para o mundo digital. André passou ainda por um Samsung Omnia, um Galaxy Note II, e hoje continua um entusiasta de smartphones, compartilhando neste site tudo que aprendeu.

Deixe um comentário