Como comprar aplicativos no Google Play?

Escrito na categoria "Aplicativos para celular" por André M. Coelho.

Comprar aplicativos no Google Play é uma tarefa fácil. Você só precisa de algumas coisas para tornar isso possível.

O primeiro passo é ter uma conta do Google. Se você usa outros produtos do Google, como Gmail, Google, etc, então você já tem uma conta pronta para uso com o Google Play. Se você não tem uma Conta do Google, é fácil de obter uma gratuitamente para se inscrever. Você pode fazer isso simplesmente criando uma nova conta no Gmail.

Você também irá precisar de uma conta no Google Wallet. Este é um programa do Google que aceita todos os cartões de crédito. Para quem tem uma conta do Google, é possível associar o Wallet com sua primeira conta no Google Play. Em alguns países e em algumas operadoras, o faturamento direto na fatura da operadora também é uma opção de pagamento, desde que o dispositivo seja configurado para isso.

Google Play

Antes conhecida como Android Market, a loja do Google ganhou um novo nome e também aplicativos, filmes e livros para seu bel prazer. (Foto: abcnews.go.com)

No Google Wallet você pode conectar um cartão de crédito suportado e fazer compras através do serviço usando cartões de crédito, débito, ou cartão-presente das seguintes bandeiras:

Alguns aplicativos tem também limitações de país e/ou região, sendo impossível sua compra no Brasil. É necessário que você saiba a disponibilidade, mas normalmente a própria Google Play cancela a concretização da venda quando seu país não está incluso na lista dos permitidos.

Ao clicar em comprar, você poderá cadastrar um de seus cartões e suas compras poderão então ser debitadas diretamente no cartão conectado. Todos

O Google Play ainda oferece um sistema de desistência por até 24 horas, tornando possível que se você não gostar do aplicativo que comprou, você pode apagar ele que seu dinheiro não será descontado. Para isso, você entra na página do programa no Google Play e seleciona a opção “Desinstalar e Reembolsar”.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Quando André entrou na faculdade em 2004, notebooks eram ainda muito caros. Para anotar as informações, buscou opções, encontrando no Palm Zire 72 um aparelho para ajudá-lo a registrar informações das aulas. Depois, trocou por um modelo de celular com teclado, Qtek quando o 2G e o 3G ainda engatinhavam no Brasil. Usou o conhecimento adquirido na pesquisa de diferentes modelos para prestar consultoria em tecnologia a diversas empresas que se adaptavam para o mundo digital. André passou ainda por um Samsung Omnia, um Galaxy Note II, e hoje continua um entusiasta de smartphones, compartilhando neste site tudo que aprendeu.

Deixe um comentário