Nos primeiros dias do Android, as atualizações do sistema eram muito aleatórias: elas se desenrolariam em diferentes momentos, e muitas vezes várias vezes por ano. Agora, o Google adotou uma abordagem muito mais simplificada, lançando uma atualização principal do Android por ano e atualizações muito mais pequenas, focadas em segurança, uma vez por mês. Mas se você não estiver executando um aparelho Android que seja atualizado pelo Google quem sabe quando, ou mesmo se o seu telefone virá alguma dessas atualizações? Por que será que seu Android não atualiza?

Os novos usuários do Android são muitas vezes decepcionados ao descobrir que o seu novo smartphone brilhante não receberá nenhuma atualização ou pior, que estão executando um software antigo no momento em que eles o compraram. É preciso entender o processo de atualização do Android e como funciona esse ecossistema tecnológico para se tirar proveito dele.

O ecossistema para atualizar meu Android

Ao contrário do ecossistema da Apple, onde ela lança um único iPhone cada geração, o Android é um ambiente muito mais aberto (e confuso). Qualquer fabricante pode fazer um smartphone ou tablet com Android e liberá-lo. Embora tenhamos uma quantidade limitada de iPhones diferentes lançados desde o começo, milhares de telefones Android diferentes foram lançados no mesmo período de tempo.

Como tal, os telefones Android usam uma grande variedade de hardware diferentes. Alguns telefones são feitos para ser super baratos. Alguns são telefones topo de linha, com hardware mais avançado do que o iPhone. Há uma série de telefones Android feitos para imitar diretamente (e competir com) o iPhone em termos de ciclo de liberação e suporte ao produto. Enquanto qualquer fabricante pode liberar um telefone Android personalizado, existem modelos projetados com a mais pura (e mais limpa) das experiências do Android em mente, como os dispositivos Nexus e Pixel do Google. As atualizações para os telefones dessas linhas são tratadas diretamente pelo Google, e por isso são geralmente os primeiros telefones a receber o mais novo software quando ele é lançado. Para o resto do pacote, no entanto, é uma história muito diferente.

Atualização do Android

Descubra e entenda os motivos para você não conseguir atualizar seu Android e reduza riscos de segurança no seu dispositivo. (Foto: Ubergizmo)

Tem como atualizar o Android do meu celular?

Para fazer o Android trabalhar em seu hardware, os fabricantes de dispositivos (como Samsung, LG ou Motorola) devem preparar drivers de dispositivos Android especificamente para seus telefones. Estes são frequentemente de origem fechada, e que só podem ser atualizados pelo fabricante. O Google não pode apenas lançar uma nova versão do Android que funciona em todos os dispositivos. Eles lançam a nova versão, então os fabricantes devem pegá-la e ajustá-la para cada um de seus telefones.

Mas não são apenas os drivers que atrapalham o processo. A maioria dos fabricantes de celulares Android, como a Samsung e a LG, por exemplo, “protegem” seus telefones para fazê-los se destacar na multidão. Eles adicionam, removem e mudam elementos da interface e os aplicativos para torná-los proprietários. Mas todas essas adições levam muito tempo e energia para adicionar. Então, cada vez que há uma atualização do Android surge, os fabricantes precisam de tempo adicionando todas as suas atualizações e isso causa um grande atraso para atualizar o seu celuler..

Algumas novas versões do Android vem com requisitos de hardware aumentados, impedindo que eles funcionem em dispositivos mais antigos, sendo o mesmo verdadeiro para o iPhone (e até mesmo computadores de mesa).

No entanto, como existem tantos telefones Android, muitos perdem o suporte muito mais cedo. Se um fabricante lança seis modelos diferentes a cada ano, vale a pena continuar a suportar todos eles todos os anos? Os fabricantes de Android geralmente não estão tão interessados ​​quanto devem estar na atualização de dispositivos depois que eles são lançados (especialmente os mais baratos). Com a grande quantidade de modelos que estão sendo lançados, há pouco incentivo para colocar um monte de trabalho na atualização de um modelo mais antigo que foi substituído por um novo, especialmente quando eles preferem incentivá-lo a comprar o modelo mais novo de qualquer maneira. Isso melhorou ao longo do tempo, mas ainda temos um longo caminho a percorrer para fabricantes darem o mesmo suporte para o hardware que o Google.

Por último, os fabricantes de smartphones Android também são responsáveis ​​pelas operadoras de telefonia celular, que podem atrasar as atualizações por meses em suas redes. Enquanto a Apple tem a força para invadir os operadores e lançar novas versões do seu sistema operacional, os fabricantes de telefones Android não. Novamente, isso está melhorando, mas ainda não é ideal, e saber se tem como atualizar seu telefone Android se torna uma questão de sua própria paciência e esforço.

Como obter atualização do sistema Android mais cedo?

Se você está cansado de não receber atualizações, há um caminho muito claro a seguir: compre um smartphone do Google. Esses telefones são projetados, vendidos e mantidos pelo Google, e eles sejam atualizados quando as versões mais recentes do Android estão disponíveis. O Google também garante esse nível de suporte por pelo menos dois anos para todas as principais atualizações do Android e um período de três anos para atualizações mensais de segurança. Isso é um excelente suporte.

Se você absolutamente não pode comprar um telefone Google, no entanto, a história vai ser diferente. A boa notícia é que a maioria dos principais fabricantes melhoraram muito o suporte de seus aparelhos principais. Mas enquanto ainda é provável que vejamos a atualização para novas versões do Android em um carro-chefe das principais fabricantes, provavelmente ainda devemos aguardar alguns meses para que isso aconteça. É tudo sobre decidir o que é importante para você, honestamente.

Há outra maneira, muito menos recomendada, de se certificar de que seu telefone possui a última versão do Android, desde que você seja muito experiente em tecnologia: ROMs personalizadas.

Não se esqueça de sempre verificar as atualizações para seu dispositivo, no entanto. Para fazer isso, acesse as configurações pelo menu de notificações ou menu de aplicativos. Role até o menu “Sobre este telefone/Sobre este dispositivo” e toque em “Atualização do sistema”. O telefone fará uma verificação para atualizações. Se alguma estiver disponível, não se esqueça de liberar espaço de armazenamento no smartphone para poder baixar a atualização.

ROMs personalizadas para a atualização do seu Android

O Android é de código aberto, e por isso é possível que os usuários do Android peguem seu código-fonte e criem seus próprios sistemas operacionais, conhecidos como ROM personalizadas. Se você tem um dispositivo razoavelmente popular, provavelmente outros usuários do Android estão desenvolvendo e ajustando ROMs personalizadas para eles.

No entanto, as ROM personalizadas não são suportadas oficialmente e exigem muito trabalho para instalar e gerencia, muito mais do que o usuário médio do Android possa querer fazer ou até mesmo tenha o know-how técnico, mas muitos usam e Adoram ROMs personalizadas.

As ROM personalizadas permitem que as pessoas comprem hardware que gostam e instalem um sistema operacional no Android, removendo as personalizações de software do fabricante e atualizando o sistema operacional para a versão mais recente. Os telefones celulares populares são mais prováveis ​​de serem suportados, embora, com o passar do tempo, os fabricantes tornam mais difícil para os desenvolvedores e os hackers de ROM obterem o acesso necessário para criar ROMs para os dispositivos.

A melhor coisa que você pode fazer se as ROM personalizadas forem interessantes para você é explorar os fóruns dos desenvolvedores para todas as informações que você pode sobre seu aparelho particular. Ironicamente, os telefones do Google também serão alguns dos dispositivos mais amigáveis para a personalização porque o Google permite que o gerenciador de inicialização seja desbloqueado, removendo a segurança que impede o sistema operacional de ser adulterado.

O que evitar ao comprar um novo telefone para poder se manter atualizado?

Então, se você estiver procurando um novo telefone e as atualizações adequadas são uma preocupação, não há apenas instruções claras sobre qual você deve comprar, mas diretrizes ainda mais claras sobre o que não comprar.

Em primeiro lugar: se você se preocupa com as atualizações, não compre telefones baratos. Lembre-se que os fabricantes não são incentivados a atualizar telefones baratos e menos populares. Você quase certamente experimentará isso de primeira mão se comprar algo muito barato, que se compra com menos de um salário mínimo. E quanto menor o preço, menos provável é que o telefone receba atualizações.

Quanto mais você subir de preço (e popularidade), mais provável é que um telefone receba atualizações. Mas não há garantias, a menos que você compre um smartphone diretamente do Google. Mas pelo menos, o Android te dá a escolha para conseguir manter seu dispositivo sempre atualizado.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas. Estamos aqui para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)