Celular gamer barato, como escolher?

Escrito na categoria "Comparação de smartphones e celulares" por André M. Coelho.

Todo mundo tem um propósito diferente ao comprar um smartphone, alguém compra um telefone para listar uma música, tirar uma fotografia, capturar momentos, conversar com os amigos sua principal característica você deve comprar um telefone, seja um telefone comum ou smartphone, muitos deles comprar um Smartphone com foco em Jogos.

Usuários como você sempre pensam em qual smartphone devo comprar para jogar jogos de memória pesada, há alguma melhor escolha no mercado Apple iPhone 6 Plus e Samsung Galaxy S6 Edge Plus, mas tudo depende da faixa de preço que você configurou para comprar seu telefone.

Não existe um celular gamer barato

Se você é um amante de jogos, nunca vá no telefone barato, porque ele tem alguma limitação no processamento, você não pode obter a saída do processamento tanto quanto deseja, para isso você tem que investir uma boa quantia para obter um smartphone melhor para jogar, você não obterá muitas dessas coisas se estiver em um telefone para jogos.

Um celular bom para jogos tem tela grande

Amante de jogos focado principalmente em telas grandes para obter a interface mais bonita, no primeiro movimento ao comprar um telefone para jogos pense antes de qual seria o tamanho da tela, e qual é o mais adequado para eu jogar um jogo, normalmente as pessoas sempre focadas em grandes tamanho de tela em termos de Smartphone acima de 5 polegadas, e você pode comprar um phablet para desfrutar de seus jogos.

Smartphones feitos para jogos

Smartphones para jogos são mais caros e tem um ótimo desempenho para isso. (Foto: Mashable SEA)

Que tipo de tela você precisa no smartphone para jogos?

O tipo de tela sempre importa quando você sente e quer jogar jogos por muito tempo, pois vemos muitos fabricantes de smartphones projetarem sua tela com qualidade muito baixa e vendendo com preço muito baixo, mas naquele momento o usuário só pensa em dinheiro, se o usuário pensar olhos curadores da satisfação, então vá com uma tela de melhor qualidade, que você obtém com tecnologias como Retina ou OLED. Lembre-se que quantos mais pixels por polegada você tiver (ppi ou pixels per inch), melhor para a resolução.

A configuração do processador pode acelerar a velocidade do seu telefone

O desempenho de cada telefone depende da CPU (unidade de processamento central) que torna nosso telefone muito rápido e utilizável, agora que você está procurando por uma CPU melhor, em Ghz (gigahertz), núcleos de CPU e velocidade de clock.

Qualcomm Snapdragon, Apple A8, Samsung Exynos, Motorola X8, MediaTek são todos fabricantes de processadores para smartphones. Dentro dessas empresas, o melhor processador pode ser difícil de encontra.

Alguns pontos importantes que você deve considerar ao escolher em sua comparação incluem o Chipset, Clock Speed, GHZ, Número de núcleos (como Dual, Octa, Hex, Quad), pois todas essas especificações afetarão o desempenho do seu telefone, o que também pode causar um processamento lento e alto, e todos esses fatores afetarão sua experiência de jogo.

Qual é o melhor tamanho de RAM para smartphones de jogos?

Todos os smartphones vêm com um mínimo de ram hoje em dia, mas no mesmo tamanho de ram existem muitas variantes como algumas RAM tem megahertz baixo e alguma RAM você obterá megahertz alto. Comprar um smartphone perfeito para sua necessidade é muito fácil escolher melhor e RAM de alto desempenho acima do dobro de um celular intermediário normal. Pegue um modelo intermediário de qualquer marca, e será seu melhor começo.

Neste tamanho de configuração você obterá uma melhor e alta velocidade e processamento de dados mais rápido esta melhor configuração para jogos em Smartphone, se você está planejando para jogos em smartphones, então escolha mínimo do dobro de RAM com alta megahertz.

Qual celular gamer você quer comprar? como fez sua escolha?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Quando André entrou na faculdade em 2004, notebooks eram ainda muito caros. Para anotar as informações, buscou opções, encontrando no Palm Zire 72 um aparelho para ajudá-lo a registrar informações das aulas. Depois, trocou por um modelo de celular com teclado, Qtek quando o 2G e o 3G ainda engatinhavam no Brasil. Usou o conhecimento adquirido na pesquisa de diferentes modelos para prestar consultoria em tecnologia a diversas empresas que se adaptavam para o mundo digital. André passou ainda por um Samsung Omnia, um Galaxy Note II, e hoje continua um entusiasta de smartphones, compartilhando neste site tudo que aprendeu.

Deixe um comentário