Como ligar para outro estado?

Em Telefone Celular por André M. Coelho

O setor de telecomunicações brasileiras, uma vez inteiramente de propriedade do governo, é hoje totalmente liberalizado. Oferece instalações avançadas de telecomunicações, embora não necessariamente a um preço razoável. Este

Devido a medidas de privatização que afetaram o mercado brasileiro de telecomunicações, há inúmeras provedores de linha fixa e móveis disponíveis no Brasil. Apesar da competição e ao amplo acesso a telefones fixos e celulares, os custos são relativamente altos. Mas com a concorrência, você pode escolher a melhor opção para suas necessidades.

Porém, quando você vai ligar para outros estados, é necessário digitar alguns números antes para que consiga conectar sua ligação.

Como faz para ligar para outro estado?

Os estados brasileiros recebem diferentes operadores de telefonia, cada um que tenha seu prefixo individual. Se você estiver fazendo uma chamada de longa distância (qualquer chamada fora do seu código de área), este prefixo tiver que ser discado junto com o prefixo de longa distância (0) e o número de telefone individual. Aqui estão os códigos de área (DDD – Discagem Direta a Distância) para as principais cidades do Brasil:

Brasília: 61

São Paulo: 11

Rio de Janeiro: 21

Salvador: 71

Fortaleza: 85

Recife: 81

Belo Horizonte: 31

Curitiba: 41

Florianópolis: 48

Porto Alegre: 51

E abaixo, o código das principais operadoras do Brasil:

12 : CTBC/Algar Telecom

14 : Brasil Telecom

15 : Telefónica/Vivo

21 : Embratel/Claro

23 : Intelig Telecom

31 : Oi

41 : TIM – Telecom Italia Mobile

43 : Sercomtel

Na prática significa que se você quiser ligar para um número no Rio de Janeiro usando a Claro/Embratel como operadora, você tem que discar:

0 + 21 + 21 + [número de telefone]

Você pode digitar no Google “código de área CIDADE”, trocando a palavra CIDADE pelo nome da cidade onde mora a pessoa para quem você quer ligar.

Dica: use a operadora do seu celular ou telefone fixo para economizar na ligação para outro estado. Elas tem promoções para clientes, cobrando mais barato.

Ligações entre estados no Brasil

Ligar para outros estados no país é fácil com apenas alguns números a mais nas suas ligações. (Imagem: divulgação)

Como fazer chamadas internacionais do Brasil?

O mesmo procedimento com os prefixos dos operadores se aplica ao chamar outro país do Brasil. Em vez do prefixo de longa distância (0), disque o prefixo de chamada internacional (00) seguido pelo código de país apropriado, código de área e número de telefone local. Assim, para fazer uma chamada do Brasil para o Reino Unido, por exemplo, disque:

00 + 44 + código de área + número de telefone

Pesquise no Google “código de área CIDADE”, trocando a palavra CIDADE pelo nome da cidade para onde quer ligar. Assim, você vai saber o código de área da cidade para onde quer completar a ligação.

Pesquise no Google “prefixo internacional PAÍS” trocando a palavra PAÍS pelo país para onde deseja ligar. O número é o que deve usar no prefixo internacional.

Como fazer chamadas internacionais para o Brasil?

O código do país para o Brasil é +55. Para discar para o Brasil de um disque em país estrangeiro:

00 (código de acesso IAC-International) + 55 + código de área + número de telefone.

Assim, você irá ligar para o Brasil de qualquer lugar do mundo.

Chamadas VoIP do Brasil

Como é muito caro fazer chamadas internacionais de soluções de telefone brasileiro de linha fixa, VoIP (voz sobre a Internet Protocol), como o Skype, WhatsApp, Messenger, Telegram, entre outros, se tornaram uma alternativa popular.

Para fazer chamadas de Internet gratuitas, você e a pessoa que você está chamando deve ter o mesmo programa instalado. Além disso, você precisa, é claro, acesso à Internet, fones de ouvido e um microfone. Também é possível usar o VoIP para ligar para números de telefone de linha móvel e fixo. Você pode também usar os apps de bate papo para ligar gratuitamente.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Quando André entrou na faculdade em 2004, notebooks eram ainda muito caros. Para anotar as informações, buscou opções, encontrando no Palm Zire 72 um aparelho para ajudá-lo a registrar informações das aulas. Depois, trocou por um modelo de celular com teclado, Qtek quando o 2G e o 3G ainda engatinhavam no Brasil. Usou o conhecimento adquirido na pesquisa de diferentes modelos para prestar consultoria em tecnologia a diversas empresas que se adaptavam para o mundo digital. André passou ainda por um Samsung Omnia, um Galaxy Note II, e hoje continua um entusiasta de smartphones, compartilhando neste site tudo que aprendeu.

Deixe um comentário