DDI dos principais países do mundo

Escrito na categoria "Dúvidas de aparelhos e apps" por André M. Coelho.

A Discagem Direta Internacional (DDI) é um sistema pelo qual o usuário de nosso sistema de telefonia possa realizar uma discagem internacional automática, sem a intervenção de uma operadora ou telefonista, através da inserção de prefixos internacionais e/ou regionais de outros países. Tais códigos são utilizados ao redor do mundo e padronizados, sendo necessário que o ligador apenas saiba o número de telefone, código internacional e/ou regional do país e cidade para onde está ligando e tenha créditos ou um telefone de conta para poder completar a chamada. Tal código deve ser colocado logo após o código da operadora na hora da ligação, identificando para qual país você estará fazendo sua ligação.

Abaixo, uma pequena lista dos códigos DDI ao redor do mundo:

Lista de códigos DDI

Os códigos DDI são o sistema utilizado para identificar qual o país de destino da ligação. (Foto: assimsefaz.com.br)

Para quem viaja para estes países ou tem de fazer muitas ligações internacionais, essa lista é bem prática e sucinta como um suporte na hora de fazer as ligações. É interessante também para quem tem parentes fora do Brasil e nem sempre tem acesso a um computador com internet. Mas não se esqueça que além do código DDI do país ao qual você deseja ligar, você também terá de saber o código do estado e/ou cidade para o qual deseja telefonar, senão sua ligação não será completa ou irá cair em um número diferente do desejado, gastando créditos e um dinheiro desnecessário.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Quando André entrou na faculdade em 2004, notebooks eram ainda muito caros. Para anotar as informações, buscou opções, encontrando no Palm Zire 72 um aparelho para ajudá-lo a registrar informações das aulas. Depois, trocou por um modelo de celular com teclado, Qtek quando o 2G e o 3G ainda engatinhavam no Brasil. Usou o conhecimento adquirido na pesquisa de diferentes modelos para prestar consultoria em tecnologia a diversas empresas que se adaptavam para o mundo digital. André passou ainda por um Samsung Omnia, um Galaxy Note II, e hoje continua um entusiasta de smartphones, compartilhando neste site tudo que aprendeu.

Deixe um comentário