Quem tem smartphones permanentemente conectados à internet sabe muito bem como é complicado ficar muito tempo sem dar uma olhada nos emails, redes sociais ou mesmo ler mensagens de texto que vivem chegando, de pessoas, bancos e operadoras. Não há nada demais nisso, mas o pior é quando isto acontece e atrapalha uma interação social mais importante.

Um bom exemplo disto é quando as pessoas estão reunidas em qualquer evento social como um bar e alguém fica sempre mexendo no celular. Às vezes isto ocorre mesmo em um encontro entre duas pessoas e ambos, apesar de estarem juntos, não compartilham o mesmo momento e a mesma experiência. Já falamos disto aqui no site em um artigo sobre o vídeo “Disconnect to connect”.

Uma nova moda de um joguinho ( que não é um app ) permite resolver de maneira interessante esta questão.

Phone stacking - Brasil

Deixe o telefone de lado em eventos sociais

Empilhar os telefones e se conectar de verdade

Veja abaixo os passos desta estratégia, em um encontro em um bar:

  • O jogo começa logo após todos fazerem os pedidos
  • Todos colocam o telefone na mesa, numa pilha, com a tela virada para baixo.
  • A primeira pessoa que pegar o telefone, perde o jogo
  • Quem perde paga a conta
  • Se a conta chegar antes de alguém pegar o telefone, a conta é dividida normalmente

Há inclusive algumas variações interessantes do jogo que evidenciam o objetivo de que as pessoas realmente prestem atenção e interajam umas com as outras:

  • O jogo pode começar assim que todos se sentarem à mesa
  • Os telefones não precisam ser empilhados, podem ser apenas colocados na mesa, mas não podem ser usados.
  • Obviamente nem todos precisam participar, mas é bem interessante para quem quer se desintoxicar um pouco da vida hightech!

Achei muito interessante esta iniciativa que vi em um tumblr e penso que pode ser útil para os leitores do site Telefones Celulares afinal, eu seria um excelente candidato a testar esta brincadeira.

E você? Tem amigos que se distanciam pelo celular mesmo estando juntos em uma conversa presencial? Mande este artigo para ele!

 

 

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)