Em uma dinâmica empresarial, cerca de 20 pessoas entram em uma sala, sentam-se e colocam seus telefones, iPads e outros dispositivos para o centro da mesa. Foi a última sessão da conferência, e as regras eram simples.

O direito à palavra passou ao redor da mesa duas vezes. Na primeira passagem, cada pessoa era obrigada a nomear um obstáculo para alcançar o equilíbrio em sua vida. Na segunda passagem, cada pessoa iria identificar uma coisa que parecia ajudá-los a superar esse obstáculo. No fim, a ideia da dinâmica era deixar a todos com uma nova compreensão dos problemas enfrentados e o novo conjunto de ferramentas a serem utilizadas para superá-los.

Todos faziam parte da multidão sempre online. Eles eram responsáveis por empresas ou lideravam equipes grandes. A maioria deles estavam no topo de seu jogo profissional. Por qualquer padrão de sucesso moderno, essas pessoas eram os empreendedores. Eles tiveram todos os tipos de papeis, carreiras e vidas onde você começa a manter algum controle para decidir como gastar o seu tempo, para sentar-se de vez em quando e descobrir suas prioridades.

Uma a uma, cada pessoa descrevia um obstáculo: eu preciso gerenciar minha equipe de forma mais eficaz. Eu preciso fazer um uso mais eficiente do meu tempo. Eu preciso passar mais tempo de qualidade com meus filhos antes que eles estejam velhos demais para precisar de mim. Enquanto os temas foram variados, os obstáculos realmente não eram. Em cada caso, o principal obstáculo a ser descrito estava descansando em cima da mesa, por um momento raro, um pouco além do alcance do braço.

Todo mundo estava basicamente reclamando sobre tecnologia.

Perder menos tempo com celulares

No desespero de encontrar uma solução para nosso tempo em excesso gasto nos celulares, buscamos a solução onde? Na tecnologia. Por isso, mantenha a calma antes de encontrar a solução definitiva. (Foto: www.e2save.com)

Eu preciso me desligar de vez em quando

Eu trabalho online, por isso há sempre alguém online que está pronto para colaborar. Meu arquivo de alunos e planos de aula fica tão confuso que às vezes gasto mais tempo nele do que dando aulas. Estava distraído o tempo todo. Eu nunca estava totalmente presente quando estava com os amigos. Mesmo quando eu sabia que eu deveria estar fazendo uma pausa, sentia o telefone vibrando no meu bolso e eu era sugado para ele, fosse para jogar um joguinho ou bater um papo.

Então veio a segunda passagem em volta da mesa. Uma a uma, as pessoas descreveram sua solução, a correção que tornaria um pouco mais fácil superar o obstáculo entre sua vida atual e uma mais equilibrada.

O primeiro remédio indicado na dinâmica era uma solução de software de toda a empresa que permitiria a um gerente para ter um melhor controle dos projetos em andamento. O seguinte foi um aplicativo de produtividade pessoal. Então, alguém descreveu uma estratégia para preencher o tempo desperdiçado em uma caminhada matinal, trabalhando através de uma lista de telefonemas que tiveram de ser retornados.

Como os obstáculos, as soluções todas tinham uma coisa em comum: eram todos de tecnologia. Era como ouvir um monte de gente explicar como eles usariam heroína para acabar com o vício no crack.

Qual o problema da tecnologia hoje?

Tecnologia costumava ser uma maneira de resolver pequenos problemas da vida. Agora, a tecnologia é usada para resolver os pequenos problemas causados ​​pela tecnologia. Em algum nível, sabemos que não faz sentido, mas não temos um app para nos convencer. Onde está o algoritmo de computador para provar que a caminhada tranquila, sem as chamadas de telefone é o equilíbrio?

Quando se trata de nossa saúde física, muitas vezes nos vemos com novas pílulas para aliviar os efeitos colaterais das que já estamos tomando. Os novos comprimidos têm os seus próprios efeitos secundários, o que pode ser uma montanha russa sem fim. Mas pelo menos há alguma evidência de que as drogas podem curar a doença original.

Sendo mais conectado não pode curar-nos de perder tempo demais com o celular. Ser mais conectado não pode fazer-nos menos conectados. Usar mais um aplicativo nunca será igual a usar um aplicativo a menos. Simplesmente não há um aplicativo para isso.

A ideia de que precisamos de uma solução tecnológica para muita tecnologia é, na melhor das hipóteses, um grande efeito placebo da era da Internet. Nós sentimos que estamos ficando um pouco melhor, mas isso é apenas parte do mesmo vício. Nós sempre seremos apenas mais uma peça de tecnologia para longe da solução.

Como evitar perder muito tempo com seu smartphone?

Estamos nos estágios iniciais da revolução da informação. Nós nos tornamos mais conectados e mais distraídos. Não há como voltar atrás neste ponto. E acredite em mim, eu me sentia como todos que estavam em volta da mesa durante a dinâmica. Enquanto você lê isso, eu vou estar com várias janelas do meu navegador abertas, chats e fontes para escrever mais artigos. Eu não estou em posição de dizer a ninguém para sair tecnologia. Mas estou convencido de que podemos fazer melhores escolhas sobre o modo como evitar desperdiçar tempo demais com o seus celulares.

Sempre que tenho um tempo livre, mesmo que por alguns minutos, fico longe da tecnologia e forço meus amigos e companhias a fazerem o mesmo quando estão comigo. Mesmo que ninguém perceba isso, todos acabam encontrando, por pouco tempo, um certo equilíbrio em suas vidas. Por boas horas, as pessoas são capazes de conversar cara a cara, mesmo de assuntos que não gostamos muito, até que alguém decidia pegar um aparelho eletrônico e os olhares de censura do grupo faziam com que a pessoa simplesmente desistisse. Afinal, qualquer mensagem ou e-mail pode esperar algum tempo para ser respondido.

Encontramos a solução para desperdiçar tempo demais no celular: simplesmente se desligue dele. Quem diria que uma vida equilibrada está apenas a um clique de distância? Evite aplicativos que contem seu tempo conectado, evite estar com seus eletrônicos em momentos de relaxamento. Acima de tudo, não use seu celular quando está com os amigos e outras companhias.

Você tem mais dicas sobre como evitar perder tempo demais no celular? Compartilhe nos comentários abaixo!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)