Como não salvar fotos do WhatsApp no Android?

Escrito na categoria "Dúvidas de aparelhos e apps" por André M. Coelho.

O WhatsApp é provavelmente um dos primeiros aplicativos que todos os usuários usam quando recebem um novo smartphone pois ele se tornou o padrão de mensagens de texto . No entanto, também pode tornar-se um aborrecimento quando faz o download de todos os arquivos de mídia automaticamente, desde imagens até vídeos, GIFs, e arquivos de áudio. Estes não apenas ocupam a galeria e o tocador de música do seu telefone, mas também consomem muito armazenamento e dados. Veja como você pode não salvar fotos do WhatsApp no Android.

Como não salvar fotos do WhatsApp no Android?

O WhatsApp para Android possui uma opção que permite que você pare imagens e vídeos de baixarem automaticamente no seu dispositivo.

Abra o WhatsApp, verifique se você está vendo a janela principal onde todos os seus bate-papos são exibidos. Toque os três pontos no canto superior direito e acesse as configurações do WhatsApp. No menu de configurações, acesse “Uso de dados”. Nesse menu é possível escolher quando o WhatsApp pode baixar arquivos de mídia automaticamente.

Escolha as opções para baixar automaticamente fotos, áudio, vídeos, ou documentos nas seguintes situações:

Você deve configurar as mídias para cada uma dessas situações separadamente. Para ver fotos, você terá que baixá-las. Quando você o faz, o WhatsApp as salva em uma pasta, e você pode inundar-se com memes estúpidos e outros conteúdos indesejados e que são visíveis para qualquer pessoa que abra o aplicativo de galeria do seu telefone. No entanto, é possível impedir que essas fotos apareçam no aplicativo da Galeria também, se você quer ainda mais privacidade.

Fotos WhatsApp

Não salve as fotos do WhatsApp e libere mais espaço na memória do seu dispositivo. (Foto: teckbe)

Como não salvar fotos do WhatsApp na galeria?

Para configurar, você deve usar um app de navegação em arquivos, tal como o ES File Explorer. Navegue para as pastas de mídia do WhatsApp. A localização da pasta WhatsApp varia de acordo com os dispositivos, mas normalmente deve ser a seguinte: Armazenamento interno (às vezes rotulado como sdcard0) -> WhatsApp -> Mídia -> WhatsApp Images, WhatsApp -> Mídia -> WhatsApp Audio e WhatsApp -> Mídia -> Vídeos WhatsApp. Outra opção é procurar por uma lupa na interface do aplicativo de navegação e digitar “WhatsApp” para te levar diretamente até a pasta do app.

Pressione prolongadamente a pasta Imagens WhatsApp e verifique se ela está selecionada. Faça o mesmo com as pastas WhatsApp Video e WhatsApp Audio.

Depois de selecionar as três pastas, procure pela opção de “Ocultar”. Isso garantirá que o aplicativo Galeria não os mostrará os arquivos. Você ainda pode ver essas imagens e vídeos no WhatsApp e através de aplicativos que permitem visualizar pastas ocultas. Mas se você passar o seu telefone para alguém, não precisa mais se preocupar com eles vendo as fotos e vídeos da WhatsApp através do aplicativo Galeria.

Você também pode ir ao aplicativo galeria do seu smartphone e escolher as pastas a serem exibidas. Por exemplo, no Google Photos, você pode clicar no Menu na parte esquerda superior da tela e optar por escolher as pastas do dispositivo que serão salvas no app e exibidas. É só não selecionar a pasta do WhatsApp.

Fácil não salvar mídia do WhatsApp no Android, não é?

Não guardar imagens automaticamente tem suas vantagens, mas também significa que você terá que baixar cada foto manualmente. Se você acabar baixando todas as imagens de qualquer maneira, provavelmente é melhor deixar esta funcionalidade ativa. Deixe-nos saber se este tutorial o ajudou através dos comentários.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Quando André entrou na faculdade em 2004, notebooks eram ainda muito caros. Para anotar as informações, buscou opções, encontrando no Palm Zire 72 um aparelho para ajudá-lo a registrar informações das aulas. Depois, trocou por um modelo de celular com teclado, Qtek quando o 2G e o 3G ainda engatinhavam no Brasil. Usou o conhecimento adquirido na pesquisa de diferentes modelos para prestar consultoria em tecnologia a diversas empresas que se adaptavam para o mundo digital. André passou ainda por um Samsung Omnia, um Galaxy Note II, e hoje continua um entusiasta de smartphones, compartilhando neste site tudo que aprendeu.

Deixe um comentário