Como saber se o 4G do meu celular funcionará no Brasil?

Escrito na categoria "Dúvidas de aparelhos e apps" por André M. Coelho.

O termo 4G refere-se a quarta geração da tecnologia de rede de telefonia celular, sucedendo o padrão anterior de terceira geração, o 3G. É comumente usado como um termo de marketing por prestadores de serviços de rede de telefonia celular para descrever próximas melhorias para a rede celular existente.

Padrão Oficial

Em outubro de 2010, o órgão de Normalização das Telecomunicações da União Internacional de Telecomunicações, estabeleceu o padrão para a tecnologia 4G. De acordo com a ITU, a rede 4G deve ser capaz de entregar uma velocidade de download máxima de 100 megabits por segundo (Mbps) para aplicações altamente móveis, como telefones celulares e tablets, e ser capaz de atingir até 1 gigabit por segundo (Gbps), em um ambiente de acesso wireless local.

Características projetadas e Uso

Redes 4G serão mais rápidas do que as redes 3G atuais, que têm uma velocidade de download superior de 1 Mbps em condições ideais de rede. Uma característica-chave de uma rede 4G é uma transferência de dados sem costura enquanto um dispositivo se move de uma rede para outra, eliminando ligações e pacotes interrompidos durante downloads. Isso permitirá que aplicações expandidas, como assistir TV de alta definição a partir de um dispositivo móvel, além de atualizações em tempo real do sistema de navegação.

Marketing e reais candidatos à tecnologia 4G

O termo 4G tem sido usado principalmente como um termo de marketing, com duas tecnologias na vanguarda: Worldwide Interoperability for Microwave Access (WiMAX) e 3GPP Long Term Evolution (LTE). A UIT considera as tecnologias 3GPP LTE e WiMAX como candidatos ao 4G.

4G no Brasil

Ao comprar um celular 4G, verifique se a frequência da conexão 4G dele funciona no Brasil. (Foto: www.profissionaisti.com.br)

High Speed ​​Packet Access (HSPA +) é outra tecnologia que é comumente comercializada como 4G. Embora considerada um predecessor 4G, a ITU não considera HSPA + como um candidato para 4G.

O 4G no Brasil

Para utilizar uma tecnologia sem fio em um país, é necessária que uma certa frequência de ondas esteja disponível. Quanto menor a frequência, menor é a quantidade de antenas necessárias para propagar o sinal.

No Brasil, a frequência do 4G irá funcionar na banda entre 2.500 MHz a 2.690 MHz. No futuro, a faixa de 700 MHz, atualmente destinada à TV analógica, provavelmente também será usada pelas redes 4G. E a tecnologia a ser usada aqui será o LTE.

Como saber se o 4G do meu celular funcionará no Brasil?

Já existe uma infinidade de aparelhos no mercado com acesso às redes 4G LTE. Para que um dispositivo tenha acesso à rede 4G, o chip LTE tem que ser capaz de acessar a frequência disponível no Brasil, que é de 2.500 MHz. No site GSMArena é possível verificar as frequências de acesso de alguns aparelhos, de acordo com o modelo.

O mais recomendado é que você busque comprar aparelhos no Brasil, homologados pela Anatel, que obrigatoriamente tem o 4G LTE com acesso à frequência disponível no Brasil.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Quando André entrou na faculdade em 2004, notebooks eram ainda muito caros. Para anotar as informações, buscou opções, encontrando no Palm Zire 72 um aparelho para ajudá-lo a registrar informações das aulas. Depois, trocou por um modelo de celular com teclado, Qtek quando o 2G e o 3G ainda engatinhavam no Brasil. Usou o conhecimento adquirido na pesquisa de diferentes modelos para prestar consultoria em tecnologia a diversas empresas que se adaptavam para o mundo digital. André passou ainda por um Samsung Omnia, um Galaxy Note II, e hoje continua um entusiasta de smartphones, compartilhando neste site tudo que aprendeu.

Deixe um comentário