Quero comprar um telefone e você não sabe ainda se você quer gastar mais e comprar um celular original, com menos recursos, ou gastar um pouco menos e comprar um celular chinês, um “xing-ling”, aparentemente com mais recursos. Este artigo é para você.

Atualmente, há tantos celulares de todos os tipos no mercado, que oferecem muito recursos e o deixa em dúvida antes de comprar um novo. Mas na hora da disputa entre os dois, qual deles eu devo escolher?

Tela do celular

Alguns telefones chineses oferecem 4 polegadas ou mais por um preço mais acessível. O que é bom para os usuários que gostam de assistir filmes, jogar games ou ver páginas inteiras em seus telefones. Porém, estas telas normalmente vem com uma resolução pior do que os celulares de grandes empresas. Aqui vale sua escolha por qualidade ou por tamanho.

Personalização do aparelho celular

Telefones chineses podem ficar muito mais personalizados do que um aparelho original, seja com capinhas, mudanças no sistema do aparelho e muio mais. Porém, essa personalização já chegou a muitos aparelhos celulares originais, com capas que podem ser modificadas, trocadas e até capas protetoras com vários estilos diferentes. As originais, contudo, tem um preço mais caro.

Celulares chineses

Não que os produtos chineses não tenham qualidade. Mas por ser possível comprar produtos “não oficiais” mais baratos, a China acaba ganhando má fama entre os brasileiros. (Foto: galeranerdtalk.blogspot.com)

Capacidade de armazenamento

A maioria dos celulares com chineses oferecem uma memória interna maior e a possibilidade de aumentar essa memória por um slot microSD. Já celulares originais tem modelos que nem a opção do microSD chegam a oferecer. De novo, os originais oferecem mais memória e os slots com um preço mais caro.

Capacidade de processamento dos celulares e velocidade

Nos aparelhos mais básicos, os aparelhos chineses “xing-ling” quase sempre tem processadores com maior capacidade de processamento do que os similares originais. Já nos modelos intermediários, os originais quase sempre estão em grande vantagem.

Aceitar dois ou mais cartões SIM

A maioria dos “xing-lings” incorporam dois cartões SIM em qualquer aparelho, do mais básico ao mais avançado. Já as grandes operadoras só colocam esse recurso em alguns poucos aparelhos pontualmente.

Capacidades multimídia

Aqui está um aspecto que os originais ganham de longe. Dificilmente você encontrará um “xing-ling” que consiga equilibrar uma câmera de qualidade com uma boa imagem, além da capacidade de gravar e reproduzir sons com eficiência. Porém, são poucos celulares originais que recebem sinal de transmissões de TV, algo que é bem comum nos “xing-lings”.

Custos

Celulares “xing-lings” são muito mais baratos que os originais, independente de onde você os compra. Aqui é a grande vitória que ainda atrai muito compradores para estes aparelhos, que apresentam tantos recursos por tão pouco dinheiro.

Celular Xing Ling

Um dos maiores atrativos dos celulares chineses é a quantidade de funções neles inclusas. Não raro, a quantidade de funções acaba deixando o aparelho extremamente lento. (Foto: www.interfaceando.com)

Durabilidade, confiabilidade, qualidade, garantia e responsabilidade social

Porém, é nessa tríade de fatores que os “xing-lings” perdem feio. Eles oferecem muio mais recursos, por um preço muito menos. Mas normalmente com qualidade muito menor. Não há nenhum tipo de gestão de qualidade nestes aparelhos, que podem durar anos ou apenas dias. Você também não terá nenhuma garantia quanto à sua segurança, com baterias que podem explodir a qualquer momento ou telas que podem parar de funcionar de repente.

Outra realidade é que boa parte destes celulares entra no Brasil via contrabando, ou seja, sonegando impostos que poderiam ser usados em melhorias para nosso país. Some isso ao fato de que quase nenhum deles tem garantia e você tem uma bomba relógio em suas mãos. E as fábricas destes celulares na China, normalmente são aquelas que mais poluem, menos se preocupam com a saúde das pessoas e mais contribuem para a poluição tecnológica.

Vale a pena comprar um celular “xing-ling”?

Definitivamente, não. Por mais atrativo que eles possam parecer, vale mais você economizar um pouco e buscar um celular de uma marca reconhecida e consolidada no mercado, por mais tempo que isso melhor. Qualidade, uma boa tecnologia e uma consciência leve tem um preço que vale a pena pagar.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)