Um dos termos mais populares nos últimos anos é “A Nuvem”, e vem surgindo em cada vez mais campos da tecnologia. Os comentaristas da indústria há algum tempo encorajaram as empresas e pessoas a migrarem para a nuvem, mas o que é esse termo? O que ele significa no mundo dos smartphones? Vamos entender esse conceito e como ele pode te ajudar a ter mais segurança nos seus dados e economizar processamento do seu dispositivo.

O que é nuvem do celular?

A explicação técnica básica é que são serviços hospedados entregues pela internet. Em vez de instalar software em seu próprio PC, smartphones, servidores ou outro dispositivo de computação, você simplesmente acessa um aplicativo ou serviço pela internet, geralmente através de um navegador ou aplicativo.

Esses serviços podem ser gratuitos ou pagos, em vez de modelos tradicionais de licenciamento de software onde você paga antecipadamente e tem que gerenciar as atualizações de software. Eles são frequentemente referidos como software-as-a-service (SaaS).

Isso ainda pode parecer bastante técnico e desagradável, mas o que muitas pessoas podem não perceber é o quanto eles já usam a Nuvem em seu trabalho e vidas pessoais. Os serviços e aplicativos baseados em nuvem estão se tornando algo em que confiamos e usamos diariamente. Não se trata apenas de grandes empresas empresariais com grandes departamentos de TI. Se trata de você usando programas de edição de vídeos e fotos online, usando sua caixa de email para guardar e gerenciar arquivos, dentre muitos outros processos do dia a dia que já estão permeados pela nuvem.

Nuvem de celular

A nuvem em smartphones possibilita uma alta conectividade e sincronia entre diversos dispositivos, além de poupar muito espaço e processamento no seu aparelho. (Foto: Electronic Ways)

Como usar a nuvem no celular?

Aplicativos baseados em nuvem como email, redes sociais, programas de edição e música já fazem parte do nosso dia a dia. Mas como assim?

Um bom ponto de partida para começar a usar os serviços da nuvem e receber seus benefícios é com programas que usamos em nossas vidas diárias. Use o serviço Gmail gratuito do Google ou o Microsoft Outlook? Então você já está usando a nuvem para seus emails.

Quantas vezes você usou os aplicativos móveis em seu smartphone para verificar o Twitter hoje, atualizar seu status do Facebook ou compartilhar um artigo no LinkedIn? Todas essas aplicações de redes sociais também são baseadas na nuvem. Você simplesmente faz logon de qualquer dispositivo que você estiver usando e onde você estiver acessando essas contas.

Estamos todos familiarizados com estes serviços ao consumidor e usamos por causa de sua conveniência. E esses serviços estão cada vez mais presentes. Programas como DropBox, Google Drive, Google Photos, OneDrive, Box, Google Docs, iCloud, e muitos outros oferecem soluções de programas e de armazenamento de arquivos na nuvem que, além de proteger seus dados, sincroniza tudo automaticamente entre diversos dispositivos.

Onde fica a nuvem no celular?

Atualmente, existem aplicativos baseados em nuvem disponíveis para quase todas as finalidades concebíveis, desde armazenamento de arquivos e compartilhamento de aplicativos até aplicativos de colaboração,. Além disso, existem aplicativos de negócios especializados para tarefas como folha de pagamento e contabilidade, gerenciamento de vendas e clientes, entre outros.

Nesses apps, a “nuvem” fica em servidores instalados ao redor do mundo. São computadores com uma alta capacidade de processamento e armazenamento que vão realizar o “bruto” das tarefas que os aplicativos na nuvem se propõe a realizar, deixando para o seu smartphone apenas as tarefas mais simples, como baixar, editar, e ler arquivos. Vale dizer que a “Nuvem” não é um lugar físico, nem um aplicativo específico do seu celular. Ela é um conceito, algo que pode envolver qualquer programa que você usa no dia a dia.

A conectividade também é um componente importante para “encontrar” a nuvem. A disponibilidade generalizada de serviços fixos de banda larga, WiFi e 4G significa que podem acessar aplicativos baseados em nuvem quase em qualquer lugar, a qualquer momento a partir de seu dispositivo móvel, já que os servidores ficam ligados 24 horas por dia à internet.

Esperamos ter respondido suas dúvidas sobre a nuvem. Se ficar alguma pergunta, é só deixar no espaço de comentários abaixo!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)