Olhe para seu aparelho celular. As chances são de que ele já tem pelo menos alguns arranhões nas laterais da tela. E o material usado em sua fabricação, na maior parte, foi o plástico ou alguns pedaços de alumínio.

E quem nunca viu um aparelho se quebrar com facilidade? Seja após uma queda, ou simplesmente abrindo a tampa da bateria, pedaços pequenos e delicados quebram com grande facilidade. Haveria alguma forma de evitar isso?

Usando diferentes materiais para a fabricação de celulares

A Motorola, há pouco tempo, ao lançar seu aparelho Razr, trouxe uma inovação com a traseira em Kevlar. Este material, além de ser bem flexível é muito resistente e até usado na fabricação de coletes à prova de balas. Alumínio tem sido utilizado com uma certa frequência, criando corpos mais resistentes para os aparelhos e bonitos esteticamente. O plástico ainda é líder, sendo que são várias as empresas que tentam fabricar plásticos mais resistentes ou até arriscar com outros materiais, como foi o caso da Samsung.

Celulares fabricados com fibra de carbono: um investimento da Samsung

A Samsung anunciou que irá fazer um investimento conjunto com o SGL Group focado no uso de compostos de carbono na fabricação de aparelhos eletrônicos. Analisando o foco da gigante coreana em produtos eletrônicos portáteis, podemos supor que eles estão buscando alternativas mais resistentes ao plástico e outros materiais menos eficientes.

Celular usando fibra de carbono

Alguns poucos aparelhos até usam a fibra de carbono. Mas dá pra imaginar que o preço é um pouco bem caro não? (Foto: www.carbonfibergear.com)

Para quem não conhece muito bem, a fibra de carbono é um material ultra resistente e utilizado em meios onde a durabilidade é altamente necessária. Podemos ver capacetes de pilotos de fibra de carbono, aviões com peças de fibra de carbono, carros com itens em fibra de carbono e muitos outros. A grande vantagem deste material é que além de ser ultra resistente, ele também é ultra leve em comparação com outros materiais, não se corrói e pode ser moldado em qualquer formato. Junte isso com o carbono sendo um material praticamente infinito de fontes na Terra e temos um produto quase perfeito.

Vou ter um celular de fibra de carbono em breve?

Não querendo te desanimar, ainda deve demorar um pouco para eletrônicos portáteis com fibra de carbono chegarem ao mercado com preços acessíveis. Inicialmente, poderemos ver protótipos, como vimos os celulares de tela OLED flexível da Samsung. Estes protótipos podem chegar ao mercado, com preços bem altos. Talvez, nem cheguem ao mercado. A ideia de um investimento como este é experimentar com o material e criar uma forma de manipulá-lo e fabricá-lo que torne economicamente viável seu uso com aparelhos celulares.

Sabendo que outras empresas já arriscaram com o Kevlar e outros materiais, e a Sony e IBM/Lenovo já arriscaram com a fibra de carbono em notebooks de suas linhas, não é um sonho muito impossível pensar que num futuro próximo, você terá um celular Galaxy com fibra de carbono. A esperança de nunca mais ter um celular quebrado por quedas inesperadas nunca morre, não é?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)