As fabricantes de smartphones limitam a quantidade de armazenamento interno que fornecido nos seus smartphones para que você compre os modelos com maior armazenamento interno, que são mais caros. Muitas empresas dificultam o uso de cartões microSD, ou sequer colocam a opção em seus aparelhos. Outras que já tiveram vários modelos com entradas microSD, deixaram de aceitar essa expansão de memória.

É compreensível, até certo ponto, a eliminação da entrada do cartão microSD em favorecimento de uma maior memória interna. A memória interna é mais rápida, e sem a entrada microSD fica mais fácil criar um aparelho que seja resistente à poeira e água.

Mesmo sabendo que é possível colocar seus arquivos na nuvem e esvaziar a memória interna do seu smartphone, em serviços como DropBox, Google Drive, Google Photos etc, não temos internet boa para fazer o envio dos arquivos o dia inteiro, o que pode deixar a memória do celular cheia em muitos momentos. Se o serviço de armazenamento na nuvem não tiver espaço ilimitado, a pessoa também terá que pagar pelo armazenamento, o que pode ficar um pouco caro.

Esteja você usando um tablet com Android, iOS, ou smartphone com esses sistemas operacionais, mesmo se eles não tiverem entradas para cartões microSD, é possível expandir a memória com facilidade.

Maneira de expandir a memória do celular

Existem HDs externos para celulares que utilizam uma conexão USB e um leitor de cartão microSD para expandir a memória interna do aparelho. (Foto: www.youtube.com)

HD externo sem fio para celular

A opção que oferece um bom custo/benefício são os discos de armazenamento portáteis com conexões sem fio. São discos de armazenamento que tem algum tipo de conexão WiFi ou Bluetooth diretamente ao celular, funcionando à bateria, USB, ou conectados à uma rede elétrica.

A configuração é bem simples, geralmente envolvendo clicar em alguns botões e parear seu smartphone com o dispositivo, configurando também uma senha de segurança para o disco de armazenamento. Dá até para assistir vídeos direto do disco de armazenamento, sem muitos problemas.

Você pode deixar o HD em uma bolsa ou mochila, e ele continuará funcionando, e você pode transferir os arquivos normalmente, como se estivesse em uma rede sem fio doméstica ou via Bluetooth (dependendo do tipo de disco de armazenamento que você comprou).

Como transferir arquivos da memória interna para o microSD externo?

Se você quiser uma opção mais barata, (usuários do iPhone e iPad não tem essa opção), é possível conectar um pen drive USB para expandir o o armazenamento interno do smartphone. Para isso, será necessário, primeiramente, usar a entrada de carregamento e transferimento de dados do aparelho, e acionar um recurso do Android chamado USB OTG (USB On The Go). Importante destacar que seu aparelho tem que ter suporte a OTG e nem todos aparelhos tem esse tipo de suporte. Pesquise no Google “meu aparelho XXXX (substitua pelo nome do seu aparelho) tem suporte OTG?” e verifique antes de sair comprando cabos, cartões microSD, e pen drives.

Você precisará comprar um cabo OTG, ter um pen drive com entrada para cartão microSD (ou um pen drive normal), e ter um explorador de arquivos instalado no seu Android. Instale também o aplicativo USB OTG Helper, que te ajudará a configurar o OTG.

Não tente usar um HD externo, pen drive, ou cartão microSD de grande memória para o OTG, pois o celular não vai reconhecer. Portanto, nada de comprar um HD externo gigante para conectar como seu armazeamento OTG.

Dúvida sobre cartão microSD: como ativar o cartão de memória no celular?

Essa dica é só para celulares Android. Se sua dúvida é só essa, e seu celular tem uma entrada microSD, é bem simples. Desligue seu aparelho e pegue o manual do mesmo. Encontre a entrada microSD do mesmo e pegue o cartão microSD. Encaixe o cartão e ligue o aparelho. Assim que o celular ligar, vá para Configurações -> Armazenamento -> Montar cartão SD. Simples assim.

Dúvida sobre cartão microSD: não consigo mover aplicativos para cartão SD

Se você não está conseguindo usar o cartão SD, além do problema relatado no vídeo acima, outro problema muito comum é dos cartões falsificados. Não compre cartões microSD que não sejam de marcas confiáveis e de lojas confiáveis. E não comprem cartões microSD que não tenham nota fiscal. É gastar dinheiro a toa. Vamos bater nessa mesma tecla várias vezes, pois é uma economia que sai muito cara.

Ficou alguma dúvida sobre cartões microSD e armazenamento no celular? Deixe nos comentários! Estamos aqui para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)