Você provavelmente leu muito sobre hackers e como proteger seu computador, mas, por algum motivo, a maioria das pessoas não se importa muito com a segurança do smartphone. Talvez porque não seja como um disco rígido tradicional onde você armazena todos os seus documentos, imagens, vídeos, etc, mas os usuários de smartphones hiperativos de hoje armazenam muita informação que é bastante sensível e que outros, como hackers, gostam de aproveitar enquanto você está navegando em redes WiFi públicas.

Felizmente, a segurança do smartphone está ganhando força e há algumas coisas que você pode fazer para garantir a segurança do seu dispositivo, principalmente durante um processo de formatação. Assim sendo, vamos então às dicas de segurança para formatar o celular.

Como formatar o celular e manter a segurança com códigos de acesso?

Quer tenha um telefone Android ou um iPhone, você pode impedir o acesso ao seu dispositivo adicionando um código de acesso ou um padrão de bloqueio Essa medida de segurança simples pode impedir que informações confidenciais sejam visualizadas por outras pessoas. Isto é especialmente importante se você tiver um monte de aplicativos instalados onde os dados pessoais são armazenados como aplicativos financeiros, aplicativos de diário, aplicativos de anotações, documentos etc. Em alguns desses aplicativos você pode adicionar uma senha específica para esse aplicativo, o que eu sempre faço além da senha para proteger a tela inicial.

A senha da tela inicial é importante porque muitos dos aplicativos de e-mail que não tem sequer a opção de codificar seu e-mail. Os e-mails podem conter muitas informações particulares, e como a maioria das pessoas vai a festas e deixa seus telefones em mesas e contadores, é muito fácil para alguém bisbilhotar suas coisas.

Então, ao formatar, comece a colocar a senha em tudo para evitar bisbilhoteiros.

É hora de proteger sua conta Google e do iCloud

A segunda coisa que a maioria das pessoas não percebe é que, se alguém puder acessar sua conta do iCloud ou do Google, poderá obter acesso a muitos dados que você pode criar e editar em seu smartphone. Nestes horários, é necessário um inconveniente para ativar a verificação em duas etapas em ambas as contas. Escrevi sobre como proteger sua conta do Google e como configurar corretamente as opções de backup e recuperação para a verificação em duas etapas.

O seu Apple ID basicamente controla o acesso a todos os serviços da Apple que atualmente existem do iTunes ao iCloud, FaceTime, iMessage, etc, etc. Se alguém puder acessar sua ID da Apple, eles podem destruir sua vida Apple, incluindo apagar seu iPhone, iPad e Mac remotamente. É praticamente o mesmo problema com o Google. Sua conta do Google basicamente conecta você a todos os serviços do Google, do YouTube ao Gmail, ao Google Play, ao Google Maps, ao Google Agenda, ao Picasa, ao Google+ etc., etc. Quanto mais segurança ao formatar o dispositivo, melhor para evitar possíveis acessos indesejados.

Evite fazer o jailbreak ou root do seu smartphone

Se você realmente sabe o que está fazendo e faz o jailbreak ou o root do celular para se divertir e curtir, então é bom para você. Se você quiser fazer isso porque ouviu falar sobre isso nas notícias e quiser ser “livre” de restrições, então você deve evitar o processo completamente. Em primeiro lugar, pode atrapalhar o seu telefone e causar-lhe mais tristeza do que felicidade. Em segundo lugar, você não poderá atualizar seu smartphone com as atualizações mais recentes do sistema operacional, pois ele estará em um modo não compatível.

Sim, você pode instalar alguns aplicativos e personalizar configurações que, de outra forma, não faria, mas isso significa que você também está baixando aplicativos que podem conter softwares mal-intencionados.

Então, se formatando o celular por conta de um root ou jailbreak, pense duas vezes para não se arrepender depois.

Formatar smartphone

Garanta a segurança do seu smartphone antes de formatar e depois da formatação para evitar problemas. (Foto: Gadget Helpline)

Tenha cuidado com os aplicativos que você instala

Isso é especialmente importante em dispositivos Android. Não haverá escassez de aplicativos que contenham malware, vírus ou outros softwares sorrateiros para roubar seus dados ou danificar seu telefone. A loja de aplicativos da Apple também tem esse problema, mas em muito menor grau. A Apple examina cada aplicativo antes que ele seja listado na loja e rotineiramente realiza a remoção de aplicativos da loja que são considerados violadores de políticas dz loja.

Após formatar o aparelho, tome cuidado com os apps que vai reinstalar. Instale apenas o essencial para evitar problemas.

Use apps em vez do navegador no smartphone

Se você está fazendo transações bancárias em seu telefone ou ações ou qualquer outra informação que transmita informações confidenciais entre seu telefone e a Internet, é melhor usar um aplicativo oficial para esse site ou empresa em vez de abrir usando o navegador em seu telefone.

Existem todos os tipos de mensagens “NOMEDOAPLICATIVO gostaria de acessar seus dados”. Os dados podem ser fotos, localização, contatos, etc., etc. Esteja sempre atento e não clique em OK o tempo todo. Se você clicar em qualquer coisa o tempo todo, é melhor simplesmente escolher não permitir e, se realmente não conseguir usar o aplicativo mais tarde, poderá voltar manualmente e altere para permitir o acesso. A maioria dessas solicitações é muito legítima e não causa nenhum dano, mas é melhor estar seguro.

No Android, é novamente pior porque alguns aplicativos solicitam permissões para tudo, mesmo que não precisem. Escolha bons apps e você vai passar menos por esse problema.

Faça o backup do celular em lugar seguro

Não é apenas uma boa ideia manter o backup do seu smartphone no caso de você deixá-lo no banheiro, mas também se ele for roubado e você precisar limpá-lo remotamente. Os usuários da Apple podem instalar o aplicativo Find My iPhone, que permite bloquear remotamente um telefone e apagá-lo remotamente se você souber que ele foi roubado. Usuários Android podem instalar o Gerenciador de Dispositivos Android.

Se você não fez backup dos seus dados, perderá tudo se for roubado. Se você fizer backup localmente ou na nuvem, poderá limpar seu telefone e recuperar todos os seus dados no novo telefone. Você pode sincronizar seu smartphone para o seu computador usando o iTunes ou pode fazer o backup para a nuvem via iCloud.

No Android, há uma ferramenta de backup integrada, mas não faz backup de tudo no seu smartphone, como o iOS. Em vez disso, você precisará confiar em aplicativos de terceiros na Google Play Store para fazer um backup completo do seu smartphone. Observe que o Android também tem um recurso de limpeza remota, mas você precisa configurá-lo primeiro instalando determinados aplicativos.

Aprenda a formatar remotamente seu dispositivo

Se seu smartphone for roubado e você quiser proteger seus dados, é possível fazer a formatação remota do dispositivo através do Find my iPhone e do Gerenciador de dispositivos do Android. Aprenda a usar essas ferramentas antes de emergências para que possa agira antes que roubem seus dados.

Atualize o sistema operacional depois de formatar

Assim como você precisa instalar constantemente as atualizações de segurança da Microsoft para seu PC, é uma boa ideia instalar as atualizações mais recentes para o smartphone. Você pode esperar alguns dias e verificar se não há problemas importantes com a atualização, como a degradação da vida da bateria, etc., mas se nada se destacar, atualize o telefone.

Além de atualizar o sistema operacional, também é uma boa ideia atualizar os aplicativos instalados no seu telefone.Essas atualizações podem incluir novos recursos, mas muitas delas são correções de bugs, atualizações de desempenho e correções de segurança.

Então, assim que formatar seu aparelho, procure atualizar o dispositivo e manter todos os apps em dia.

Conexões sem fio

Após formatar o seu aparelho, aproveite para limpar as conexões sem fio do seu dispositivo, mantendo apenas as mais importantes.e seguras. Isso irá ajudar bastante na segurança do seu dispositivo, que pode estar se conectando automaticamente em várias redes não seguras.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas para que possamos ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)