Vários podem ser os motivos que impedem seu smartphone ou tablet de serem carregados corretamente. Quase todos, porém, podem ser diagnosticados sem a necessidade de levar o aparelho até uma assistência técnica. Vale sempre avisar que se você não se sente confortável em diagnosticar o problema, é recomendável levar já o mesmo para a assistência, ou você pode acabar danificando o mesmo antes de qualquer conserto.

Tablet ou smartphone não carrega: problema no cabo USB

Se o seu smartphone ou tablet está carregando lentamente, ou não carrega, a primeira coisa a verificar é o cabo USB. As fabricantes de smartphones e tablets já fazem esses cabos pensando no quanto eles vão se desgastar com o tempo, sendo dobrados, torcidos, puxados, pisados, etc. Por isso, eles são feitos para “quebrarem” com mais facilidade, ao mesmo tempo que foram feitos para serem também mais baratos e serem a primeira parte de um smartphone ou tablet a dar defeito. Melhor o cabo USB estragar do que sem smartphone ou tablet.

Verifique o cabo por danos como rasgos, cortes, e quebras. Na ponta que se conecta ao dispositivo, veja se os “dentes” dessa ponta estão inteiros ou tem algum dano (tortos, parecem um pouco queimados, lascados, etc). Verifique também o conector do smartphone ou tablet, e veja se ele está torto ou danificado. Qualquer dano, teste o aparelho com outro cabo USB. Compre um cabo novo.

Se o problema não for no cabo, então você tem que continuar a verificar com outra das soluções abaixo.

Motivos para smartphone e tablet não carregarem ou carregar lentamente

Quando o celular ou tablet não carrega ou demora para carregar, a culpa na maior parte das vezes é do cabo USB, mas pode acontecer de outros componentes serem responsáveis pela falha. (Foto: www.howtogeek.com)

Tablet ou smartphone não carrega: você tem uma fonte de alimentação fraca

Quem usa um cabo USB ligado a um computador para carregar smartphones e tablets recebe uma amperagem muito baixa da porta USB do computador, o que acaba carregando o aparelho muito lentamente. E quem está usando uma fonte que não seja a original do aparelho, com a amperagem correta, também terá problemas no carregamento. Não adianta ser qualquer adaptador/carregador também. Muitos dos adaptadores de fabricantes “genéricos” tem muito pouca qualidade, e não entregam metade da amperagem que está no adesivo. O pior é o risco de uma oscilação de energia queimar seu aparelho.

Na dúvida, use apenas carregadores originais ou certificados pela fabricante. Assim, evita-se problemas de amperagem e surtos de energia elétrica.

Seu telefone pode estar muito velho

Dispositivos mais antigos vão se carregar mais lentamente e, da mesma forma, vão usar mais carga porque não tem processadores tão eficientes quanto dispositivos mais modernos. Geralmente, o ciclo de vida máximo para gadgets é de 2 anos para dispositivos de configurações básicas, 2/3 anos para dispositivos de configurações intermediárias e um máximo de 4 anos para dispositivos topo de linha. Use essa linha do tempo, contando da data de compra do seu smartphone, como um indicativo do quão velho seu aparelho é, e para saber se a idade dele está influenciando no carregamento.

 

Smartphone ou tablet não carrega ou demora a carregar: bateria ruim

Isso vale mesmo para baterias novas, que podem já vir com defeito de fábrica, ou baterias antigas, que se tornam viciadas com o tempo. Existem os aparelhos que tem a bateria removível, e outras que é preciso abrir o aparelho para remover a bateria. De qualquer forma, tenha certeza de diagnosticar o problema antes de fazer a troca. Uma bateria vicia geralmente entre 1 e 2 anos de uso contínuo de um aparelho, mas isso pode variar bastante. Os sintomas de uma bateria ruim podem incluir: celular não carregando totalmente, demorando a carregar, carregar rápido demais, descarregar rápido demais, dentro outros.

O smartphone ou tablet pode não estar carregando corretamente por sua culpa

WhatsApp, Telegram, Viber, Facebook, Twitter, Snapchat, jogos, e vários outros aplicativos continuam rodando em um smartphone mesmo quando você para de usar. Eles consomem muita bateria, e podem atrapalhar até o carregamento, principalmente quando você é daqueles que continua jogando e usando o celular ou tablet enquanto ele ainda está carregando. Use também aplicativos para gerir os programas de fundo do seu smartphone e fechar todos que possam estar consumindo bateria demais.

Outra coisa é a iluminação da tela, que é a maior vilã da bateria. Talvez reduzir o brilho da tela possa dar uma chance maior do seu aparelho carregar mais rápido.

Em outras palavras: deixe seu telefone ou tablet quieto enquanto estiver carregando, preferencialmente no silencioso e no modo avião.

 

Porta USB do smartphone ou tablet está obstruída ou danificada

As portas USB de smartphones e tablets, na maior parte das vezes, não tem qualquer proteção. Isso significa que quando estão nos nossos bolsos, elas estarão sujeitas aos mais diversos abusos. Vai entrar poeira, sujeita, e todo tipo de detrito. Ao mesmo tempo, o entra e sai do conector do cabo USB vai provocando um certo desgaste, e vai colocando e removendo detritos. Em raros casos, pode ocorrer algum tipo de corrosão no conector.

A solução aqui é usar um aspirador de pó ou um compressor de ar para remover a sujeira, ou uma pequena agulha e álcool isopropílico. Vá com muito cuidado, e não exagere na dose.

Se o problema ainda persistir depois de todas essas tentativas de solução, aí é bom procurar uma assistência técnica de qualidade.

Você já teve ou tem problemas com o carregamento do seu smartphone ou tablet? Quais problemas? Como fez para solucionar ou ainda precisa de ajuda?

 

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)